Alemanha abre a primeira estrada eletrificada para camiões com sistema da Siemens

Responder
Avatar do Utilizador
admin
Admin
Admin
Mensagens: 3994
Registado: 02 set 2006, 13:05
Profissão: Eletricista
Localização: Algarve
Enviou: 53 vezes
Agradecimiento recebido: 67 vezes
Contacto:

Alemanha abre a primeira estrada eletrificada para camiões com sistema da Siemens

Mensagem por admin » 11 mai 2019, 18:39

Os veículos elétricos ligeiros estão a alcançar um compromisso interessante, contudo, nos pesados ainda não se vislumbra uma alternativa viável. Além disso, quando se fala em poluição, este meio de transporte é um dos mais poluentes. Nesse sentido, a Alemanha, que está num processo enérgico contra as emissões, vai abrir uma estrada eletrificada para pesados.

Um sistema de catenárias foi desenvolvido pela Siemens e permite que os pesados sejam alimentados de energia por essas linhas elétricas.
alemanha_energia02-720x405.jpg
eHighway – Siemens cria sistema de catenárias idêntico aos comboios

Os camiões e os pesados, em geral, estão a consumir cada vez mais diesel. Comportamento que poluiu mais as cidades e originam a temida, mas garantida, alteração climática. A Alemanha entende que poderá ter encontrado resposta a este fator recorrendo a linhas elétricas aéreas sustentadas por grandes plataformas.

Esta não é, contudo, uma ideia nova. Já em 2016, na Suécia, a Scania modificou os seus camiões para, em determinados troços, aproveitar a energia fornecida também pelas catenárias. Em abono da verdade, desde então, nunca houve um eco de grande sucesso.
alemanha_energia03-720x480.jpg
Alemanha fornece energia elétrica que vem sobretudo de fontes poluidoras

Segundo informações, a Alemanha recebe grande parte da sua energia gerada através de centrais que consomem combustíveis fósseis e nucleares. Mesmo estando a fazer um esforço para aumentar a produção de energias renováveis, o carvão, o lignite e o gás natural são os mais utilizados.
alemanha_energia01-720x407.jpg
Portanto, a energia elétrica é ainda bastante poluidora. Contudo, o país tem metas justas para diminuir drasticamente a utilização dos combustíveis fósseis até 2030. Este sistema é mais um passo nessa direção.

Camiões extraem energia dos cabos aéreos por cima das estradas

A Siemens criou um sistema que permite aos pesados extrair energia elétrica de cabos aéreos. Este método já entrou em operação num troço de 10 quilómetros nesta passada terça-feira, de acordo com o governo alemão.

A tecnologia foi desenvolvida pela Siemens e o sistema permite que grandes plataformas com equipamentos especiais montados nos pesados, nos tejadilhos, se liguem às linhas elétricas enquanto viajam a velocidades de até 90 quilómetros por hora.

Os camiões funcionam com motores elétricos quando ligados às linhas aéreas e um sistema híbrido quando voltam à estrada tradicional. Os sensores detetam quando os fios aéreos estão disponíveis.
alemanha_energia04-720x405.jpg
Sistema permite uma redução acentuada de emissões de CO2

A gigante alemã de tecnologia refere que o sistema eHighway combina a eficiência com a flexibilidade do transporte por camião. Outro benefício é uma redução acentuada nas emissões de CO2 e óxidos de nitrogénio.

Além dos benefícios para o ambiente, a empresa refere que o sistema pode ser adaptado à infraestrutura rodoviária existente. Assim, torna-se uma forma prática de reduzir as emissões e o consumo de energia em locais onde as ferrovias não são viáveis.



O trecho da estrada inaugurado na terça-feira faz parte de um elo crucial entre o aeroporto de Frankfurt, um centro global de cargas e um parque industrial próximo. Mais dois trechos da rodovia com o sistema serão abertos em breve.

O governo alemão gastou 70 milhões de euros para desenvolver camiões que possam usar o sistema. Deste modo, a Siemens referiu que o proprietário de um camião poderia economizar € 20.000 em combustível ao longo de 100.000 quilómetros.
alemanha_energia05-720x448.jpg
Impulso ambiental
O transporte por camiões é a fonte de procura de petróleo que mais cresce no mundo, de acordo com o Fórum Internacional de Transporte, que faz parte da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). Segundo o grupo, o transporte rodoviário de mercadorias também responderá por 15% do aumento projetado das emissões globais de CO2 até 2050.

Reduzir as emissões de carbono do transporte, é uma parte fundamental do Acordo Climático de Paris de 2015.

Projetos como o da Alemanha podem ser parte de uma solução que inclui o aumento do uso de veículos elétricos e ferroviários.

Fonte: https://pplware.sapo.pt/motores/alemanh ... a-camioes/
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem, tem de estar registado


Continue a participar activamente.
A sua colaboração é fundamental para existência do fórum

Responder

Voltar para “Notícias”