Parlamento contra acordo anti-pirataria

nokPT
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 227
Registado: 26 set 2008, 22:45
Agradecimiento recebido: 1 vez

Re: Parlamento contra acordo anti-pirataria

Mensagem por nokPT » 09 nov 2010, 22:04

jomc Escreveu:pagam mas depois recebem do estado!!! :?
1º - as empresas que contratam outras empresas sao consideradas clientes (para as segundas)
...
Mas não são o cliente final,

Tal com dizes, por norma as empresas não recebem o IVA do estado, e têm que pagar a diferença entre o IVA das vendas e das compras, essa diferença teoricamente é IVA sobre o lucro da empresa no produto que vendeu, por tanto, nesse aspecto (no lucro) são considerados clientes final.

Agora, não é o IVA que encarece (muito) os produtos, é sim a margem de lucro das empresas, quanto maior, mais caro.

Por outro lado é uma questão de oferta/procura -> O mesmo Windows que cá custa umas centenas de euros, na Índia ia/ou é vendido por menos de 50€, porque o Linux estava a ganhar muito terreno (pouca procura, preços mais baixos), o mesmo acontece com os telemóveis (ou outros) "novidade" são muito mais caros que passado 6 meses / 1 ano / mais tempo.

Há ainda outra questão, muito importante: quanto é que estás disposto a pagar por um produto, dizes que compraste um jogo por 24€ enquanto que cá custava quase 70€, se custa quase 70€ é porque há pessoas dispostas a pagar 70€, aliás se reparares bem, o custo dos jogos têm vindo a aumentar ao longo dos anos. Aqui a uns anos tive um exemplo típico, disto, tive que comprar uma prenda para criança no final de Outubro, depois naturalmente, tive que comprar outra para o Natal, no Natal havia prendas no Toy'r'us ao dobro do preço quando comparado com o final de Outubro, em Outubro já eram caras, no Natal, duplicaram, mas mesmo assim, uma grande parte já estava esgotada, porque: há pessoas disposta a pagar.


Ricardo Timóteo

hugoafonso
Curioso
Curioso
Mensagens: 11
Registado: 09 nov 2010, 10:47
Localização: Vila Nova de Gaia

Re: Parlamento contra acordo anti-pirataria

Mensagem por hugoafonso » 11 nov 2010, 17:41

nokPT Escreveu:
jomc Escreveu:pagam mas depois recebem do estado!!! :?
1º - as empresas que contratam outras empresas sao consideradas clientes (para as segundas)
...
Mas não são o cliente final,

Tal com dizes, por norma as empresas não recebem o IVA do estado, e têm que pagar a diferença entre o IVA das vendas e das compras, essa diferença teoricamente é IVA sobre o lucro da empresa no produto que vendeu, por tanto, nesse aspecto (no lucro) são considerados clientes final.

Agora, não é o IVA que encarece (muito) os produtos, é sim a margem de lucro das empresas, quanto maior, mais caro.

Por outro lado é uma questão de oferta/procura -> O mesmo Windows que cá custa umas centenas de euros, na Índia ia/ou é vendido por menos de 50€, porque o Linux estava a ganhar muito terreno (pouca procura, preços mais baixos), o mesmo acontece com os telemóveis (ou outros) "novidade" são muito mais caros que passado 6 meses / 1 ano / mais tempo.

Há ainda outra questão, muito importante: quanto é que estás disposto a pagar por um produto, dizes que compraste um jogo por 24€ enquanto que cá custava quase 70€, se custa quase 70€ é porque há pessoas dispostas a pagar 70€, aliás se reparares bem, o custo dos jogos têm vindo a aumentar ao longo dos anos. Aqui a uns anos tive um exemplo típico, disto, tive que comprar uma prenda para criança no final de Outubro, depois naturalmente, tive que comprar outra para o Natal, no Natal havia prendas no Toy'r'us ao dobro do preço quando comparado com o final de Outubro, em Outubro já eram caras, no Natal, duplicaram, mas mesmo assim, uma grande parte já estava esgotada, porque: há pessoas disposta a pagar.
Realmente tens razão, mas umas das coisas que leva a pirataria é o que está acontecer com o tabaco a encarecer e a tornar-se um produto de luxo.

Cumps

Responder

Voltar para “Redes”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante