Energia Nuclear

Electro_PT
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 234
Registado: 03 fev 2007, 23:08
Localização: Num quadro eléctrico perto de si...
Contacto:

Mensagem por Electro_PT »

Intra_Venenoso Escreveu:Inscrevi-me neste fórum propositadamente por ver, e consequentemente responder aqui neste tópico a barbaridades e ignorâncias escritas!

Aqui à uns tempos veio um porta-aviões com 5.000 "habitantes" a bordo! Era um barco americano movido a energia nuclear! O povinho português, foi em massa ver o barquinho ancorado, maravilhado... ninguém, ninguém reclamou, se indignou, se revoltou... nem povo, nem políticos, nem comunicação social... ficaram como "um burro a olhar para um palácio"!

Em Espanha existem pelo menos duas centrais coladas à fronteira portuguesa, em França seis centrais nucleares, nos outros países (os desenvolvidos e que não são burros) têm as suas centrais... também têm para o "inglês ver" os seus moinhos..pra parecer bem...
Portugal importa mais de metade da sua energia do estrangeiro... essa energia vem dos moinhos??

Começo a compreender porque é que a desertificação (devido aos incêndios) da floresta de Portugal teve um propósito... foi para "plantar moinhos ridículos, inestéticos e poluentes visualmente" por esse Portugal fora... pensei que a historia do Dom Quixote fosse espanhola...afinal!

Já ouviram falar em fusão e fissão?! Pensam que os carros no futuro serão movidos a vento? Pensam que se no futuro houver um (eventual) problema em Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, etc com os seus reactores... o problema pára na fronteira?!

Pensam que o que aconteceu em Chernnobyl é um exemplo (um péssimo exemplo)...mas não pensam de onde vem a energia que consomem, a energia que faz mover submarinos, barquinhos, o mundo??!! Pensam pequenino não é?? Compreendo...vê-se pelo país!... é isso que "eles" querem que vocês pensem!
O Venenoso em acção... :wink:

Não deixas de ter razão no que escreves e até concordo contigo. Lá porque Chernnobyl teve "azar" não quer dizer que cá em Portugal tenha de acontecer o mesmo. Se assim fosse em mais nenhum país aderia a esse sistema. Agora em relação às energias alternativas pelo que tenho visto em documentários, também merece um olhar no mínimo curioso, embora acredite que ainda vá demorar muito tempo até que se tornem rentáveis... :wink:

Como sempre fiquemos à espera... :cry:


Imagem
Avatar do Utilizador
admin
Admin
Admin
Mensagens: 4254
Registado: 02 set 2006, 13:05
Profissão: Eletricista
Localização: Algarve
Enviou: 68 vezes
Agradecimento recebido: 82 vezes
Contacto:

Mensagem por admin »

Se eles garanti sem que não haverá problema a 100% , só que não a possibilidade de garantir isso , logo a sempre problema.

A grande vantagem desta energia e que muito rentável logo muitos interesse em construir uma central nuclear .

Quem as cria não esta interessado em se e poluente o não querem e dinheiro.

Já agora digam me qual as vantagens para o consumidor de ter uma central nuclear em Portugal , acreditam que eles iriam baixar os preços da energia eléctrica não acredito .

Na minha opinião não trazia vantagens nenhumas só para quem constrói fica milionário
Continue a participar activamente.
A sua colaboração é fundamental para existência do fórum
Intra_Venenoso
Faça a sua apresentação
Faça a sua apresentação
Mensagens: 4
Registado: 21 mar 2007, 20:49

Mensagem por Intra_Venenoso »

Por acaso enganei-me... Portugal importa 80% da energia que consome!
Ora se se consume algo importado, logicamente que é mais caro!
Portugal devia seguir os bons exemplos que existem na Europa, e não seguir os exemplos que alguns dizem para fazer!
Acham que os outros são sádicos para terem centrais nucleares?! :lol:
O mal é que o povo absorve a informação que lhe incutem, boa ou ma... depois ficam com ideias erróneas e contraditórias do que é a realidade!

Claro que a energia produzida pelos moinhos é insuficiente para um país, logo há que plantar milhares deles para dar algum usufruto compensatório, logo quem é que enriquece com cada moinho produzido construído e instalado?!

Hoje em dia, a poluição produzida por uma central nuclear é diminuta, ao contrario de à alguns anos, graças à fissão!
Por ter havido um problema grave com uma central existente num país em plena guerra fria e que não era vistoriada à décadas... vai daí é uma mártir e O exemplo!

Aqui à uns tempos o povo reclamava da inestética visual das antenas dos telemóveis... agora, devido à propaganda que estes moinhos estão a ter, já ninguém fala da poluição visual... é a tal coisa, o povo come a palha que lhes dão!
manuel
Faça a sua apresentação
Faça a sua apresentação
Mensagens: 2
Registado: 11 mar 2007, 23:40

Mensagem por manuel »

Intra_Venenoso Escreveu:Inscrevi-me neste fórum propositadamente por ver, e consequentemente responder aqui neste tópico a barbaridades e ignorâncias escritas!

Aqui à uns tempos veio um porta-aviões com 5.000 "habitantes" a bordo! Era um barco americano movido a energia nuclear! O povinho português, foi em massa ver o barquinho ancorado, maravilhado... ninguém, ninguém reclamou, se indignou, se revoltou... nem povo, nem políticos, nem comunicação social... ficaram como "um burro a olhar para um palácio"!

Em Espanha existem pelo menos duas centrais coladas à fronteira portuguesa, em França seis centrais nucleares, nos outros países (os desenvolvidos e que não são burros) têm as suas centrais... também têm para o "inglês ver" os seus moinhos..pra parecer bem...
Portugal importa mais de metade da sua energia do estrangeiro... essa energia vem dos moinhos??

Começo a compreender porque é que a desertificação (devido aos incêndios) da floresta de Portugal teve um propósito... foi para "plantar moinhos ridículos, inestéticos e poluentes visualmente" por esse Portugal fora... pensei que a historia do Dom Quixote fosse espanhola...afinal!

Já ouviram falar em fusão e fissão?! Pensam que os carros no futuro serão movidos a vento? Pensam que se no futuro houver um (eventual) problema em Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, etc com os seus reactores... o problema pára na fronteira?!

Pensam que o que aconteceu em Chernnobyl é um exemplo (um péssimo exemplo)...mas não pensam de onde vem a energia que consomem, a energia que faz mover submarinos, barquinhos, o mundo??!! Pensam pequenino não é?? Compreendo...vê-se pelo país!... é isso que "eles" querem que vocês pensem!
Que grande surpresa...


É muito raro encontrar alguém num fórum com a mesma opinião que eu acerca destas matérias.

Nas nossas casas todos nós usamos electricidade produzida a partir de energia nuclear, e a energia nuclear é a única energia alternativa ao petróleo.
Electro_PT
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 234
Registado: 03 fev 2007, 23:08
Localização: Num quadro eléctrico perto de si...
Contacto:

Mensagem por Electro_PT »

manuel Escreveu:
Intra_Venenoso Escreveu:Inscrevi-me neste fórum propositadamente por ver, e consequentemente responder aqui neste tópico a barbaridades e ignorâncias escritas!

Aqui à uns tempos veio um porta-aviões com 5.000 "habitantes" a bordo! Era um barco americano movido a energia nuclear! O povinho português, foi em massa ver o barquinho ancorado, maravilhado... ninguém, ninguém reclamou, se indignou, se revoltou... nem povo, nem políticos, nem comunicação social... ficaram como "um burro a olhar para um palácio"!

Em Espanha existem pelo menos duas centrais coladas à fronteira portuguesa, em França seis centrais nucleares, nos outros países (os desenvolvidos e que não são burros) têm as suas centrais... também têm para o "inglês ver" os seus moinhos..pra parecer bem...
Portugal importa mais de metade da sua energia do estrangeiro... essa energia vem dos moinhos??

Começo a compreender porque é que a desertificação (devido aos incêndios) da floresta de Portugal teve um propósito... foi para "plantar moinhos ridículos, inestéticos e poluentes visualmente" por esse Portugal fora... pensei que a historia do Dom Quixote fosse espanhola...afinal!

Já ouviram falar em fusão e fissão?! Pensam que os carros no futuro serão movidos a vento? Pensam que se no futuro houver um (eventual) problema em Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, etc com os seus reactores... o problema pára na fronteira?!

Pensam que o que aconteceu em Chernnobyl é um exemplo (um péssimo exemplo)...mas não pensam de onde vem a energia que consomem, a energia que faz mover submarinos, barquinhos, o mundo??!! Pensam pequenino não é?? Compreendo...vê-se pelo país!... é isso que "eles" querem que vocês pensem!
Que grande surpresa...


É muito raro encontrar alguém num fórum com a mesma opinião que eu acerca destas matérias.

Nas nossas casas todos nós usamos electricidade produzida a partir de energia nuclear, e a energia nuclear é a única energia alternativa ao petróleo.
Única energia "viável" porque existem outras :lol: :lol: :lol:
Imagem
pmpmr
Inativo
Inativo
Mensagens: 40
Registado: 14 fev 2007, 00:27

Mensagem por pmpmr »

eu tenho vindo acompanhar este topic mas so ag me vou pronunciar, e é o seguinte...acerca de 2 ou 3 coisas q li nos post anteriores
Portugal importa no maximo por tt 15% a 20% e nao os 80% que vi ai escrito isso é um total disparate..consultem sites da REN, para verem a verdadeira realidade...
acerca do nuclear, ela inda n é usada em Portugal pq estao em fase de estudos, e a unica energia que possa xegar ate nossas casas provenientes de uma fonte nuclear seria a importada vinda de Espanha...

o petroleo, q é usado cerca d 10% em PT, e o carvao(30% utilizacao) o maior poluidor d centrais termicas, tendem a ser substuidos cada vez mais por gas natural, centrais de ciclo combinado, eólicas e hidricas. a alternativa ao petroleo pode ser feita com essas fontes renovaveis, mas é sp necessario centrais termicas, para compensar o facto da ausencia d agua, vento e sol.

consultem este pdf para terem uma ideia das coisas:
https://dspace.ist.utl.pt/bitstream/229 ... rtugal.pdf acetato 9
manuel
Faça a sua apresentação
Faça a sua apresentação
Mensagens: 2
Registado: 11 mar 2007, 23:40

Mensagem por manuel »

Única energia alternativa...

Considero, as energias renováveis, energias complementares. Daí a chamar-lhes energias alternativas vai um grande passo.

Não vale a pena entrar em discussões fundamentalistas. A verdade é uma, é impossível satisfazer as necessidades energéticas sem recurso a combustíveis fósseis. A energia nuclear é a única alternativa viável, e o seu impacte ambiental, em contraposição a outras (erradamente) chamadas energias "limpas", esse sim, é discutível.
Avatar do Utilizador
RMFC
Inativo
Inativo
Mensagens: 20
Registado: 30 mar 2007, 16:40
Contacto:

Mensagem por RMFC »

eu acho que a energia nuclear, é uma coisa boa, para começar os riscos, que existiam a anos atrás foram minimizados com o avanço da tecnologia, sistemas de controle mais avançados, podiamos ter energia mais barata, visto tambem que Portugal existe muito mineral a nivel de uranio. Eu acho que é uma boa ideia
Avatar do Utilizador
RMFC
Inativo
Inativo
Mensagens: 20
Registado: 30 mar 2007, 16:40
Contacto:

Mensagem por RMFC »

manuel Escreveu:Única energia alternativa...

Considero, as energias renováveis, energias complementares. Daí a chamar-lhes energias alternativas vai um grande passo.

Não vale a pena entrar em discussões fundamentalistas. A verdade é uma, é impossível satisfazer as necessidades energéticas sem recurso a combustíveis fósseis. A energia nuclear é a única alternativa viável, e o seu impacte ambiental, em contraposição a outras (erradamente) chamadas energias "limpas", esse sim, é discutível.
As energias renovaveis não são alternativas, simplesmente por requerem muito espaço e por produzirem muito pouco, como se ve por exemplo aquela central que abriu recentemente no alentejo de paineis solares.
Uma ideia e produzir electricidade atraves daquelas centrais que produzem energia atraves das ondas do mar, tendo em conta a dimensão da nossa costa.
Blackangel
Curioso
Curioso
Mensagens: 89
Registado: 12 mar 2007, 21:04
Localização: Ermesinde

Mensagem por Blackangel »

As energias "alternativas" na minha opinião, demorarão ainda o seu tempo a terem uma verdadeira implementação pois poucos de nós por certo que não quererão ter à porta de casa um parque enorme de painéis solares ou um grupo enorme de pás nas trazeiras do quintal.
Neste momento já existem parques eólicos a produzir 90 MW mas possuem á volta de 36 torres, um grupo térmico de Sines produz 330 MW * 4 temos 1 Giga. A central nuclear de Almaraz tem dois grupos de 1 Giga cada um.
CUmpz 8)
Avatar do Utilizador
admin
Admin
Admin
Mensagens: 4254
Registado: 02 set 2006, 13:05
Profissão: Eletricista
Localização: Algarve
Enviou: 68 vezes
Agradecimento recebido: 82 vezes
Contacto:

Mensagem por admin »

Pois mas com a centrais nucleares temos os residuos radioactivos, o que fazer a eles :?:
Continue a participar activamente.
A sua colaboração é fundamental para existência do fórum
Electro_PT
Velha Guarda
Velha Guarda
Mensagens: 234
Registado: 03 fev 2007, 23:08
Localização: Num quadro eléctrico perto de si...
Contacto:

Mensagem por Electro_PT »

Blackangel Escreveu:As energias "alternativas" na minha opinião, demorarão ainda o seu tempo a terem uma verdadeira implementação pois poucos de nós por certo que não quererão ter à porta de casa um parque enorme de painéis solares ou um grupo enorme de pás nas trazeiras do quintal.
Prefiro isso a um bairro degradado de barracas :lol:

Quanto aos resíduos mandamo-os para o espaço :lol: :lol: :lol: (onde será que já vi isto? Seria aqui?) :wink:
Imagem
Intra_Venenoso
Faça a sua apresentação
Faça a sua apresentação
Mensagens: 4
Registado: 21 mar 2007, 20:49

Mensagem por Intra_Venenoso »

pmpmr Escreveu:eu tenho vindo acompanhar este topic mas so ag me vou pronunciar, e é o seguinte...acerca de 2 ou 3 coisas q li nos post anteriores
Portugal importa no maximo por tt 15% a 20% e nao os 80% que vi ai escrito isso é um total disparate..consultem sites da REN, para verem a verdadeira realidade...
acerca do nuclear, ela inda n é usada em Portugal pq estao em fase de estudos, e a unica energia que possa xegar ate nossas casas provenientes de uma fonte nuclear seria a importada vinda de Espanha...

o petroleo, q é usado cerca d 10% em PT, e o carvao(30% utilizacao) o maior poluidor d centrais termicas, tendem a ser substuidos cada vez mais por gas natural, centrais de ciclo combinado, eólicas e hidricas. a alternativa ao petroleo pode ser feita com essas fontes renovaveis, mas é sp necessario centrais termicas, para compensar o facto da ausencia d agua, vento e sol.

consultem este pdf para terem uma ideia das coisas:
https://dspace.ist.utl.pt/bitstream/229 ... rtugal.pdf acetato 9
Então quer dizer que Portugal produz 70% da energia que consome?! Isso é que é ridículo! Quem te ouvir até pensa que Portugal tem poços de petróleo! Ja agora se Portugal importa somente 15 ou 20%, de onde vem o resto da energia? Dos intestinos dos portugueses de comerem tanta feijoada?!

Quanto aos residuos vão para onde vão os outros todos que quase a totalidade da europa produz com as suas centrais!
pmpmr
Inativo
Inativo
Mensagens: 40
Registado: 14 fev 2007, 00:27

Mensagem por pmpmr »

tens os dados no site da REN, vai la ver la e diz me a quantidade de feijoada comida por cada habitante, ja ag no site d DGGE ve os poços de petroleo.

http://www.ren.pt/sections/tecnica/eeprtc/default.asp
tens la varios anos..e ja tens la info acerca de 2006
rataoratao
Inativo
Inativo
Mensagens: 8
Registado: 23 abr 2007, 11:38
Localização: Coimbra

Mensagem por rataoratao »

cumprimentos a todos antes demais, visto ser a minha 1º participação.

Acerca deste assunto uma coisa é certa com ou sem cental nuclear os preços não baixavam. Actualmente Portugal é auto suficiente energicamente, logo não tem necessidade de uma central destas, so se for para mostrar aos países da comunidade que também conseguimos ter uma.

Apesar do consumo de energia estar a aumentar ao longo dos anos actualmente não me parece viável financeiramente um investimento numa central deste tipo, alias actualmente investe se mais nas energias renováveis e centrais a gás.

Portugal importa energia como muitos países para complementar aquela pequena margem que falta, a isto eu chamo gestão, se tivesse mos excesso de energia não teríamos a quem vender.

Portugal é dos países da UE que tem investido mais nas energias renováveis, Portugal tem excelentes condições para a produzir, excepto uma, financeiramente. Actualmente já representam salvo erro entre 10/15% da energia consumida.

A energias renováveis não são tão complementares como dissem, porque juntando estas com as híbridas é possível alimentar o pequeno pais... claro muito dinheiro investido, mas que é possível é.
Responder

Voltar para “Energia Nuclear”