Encravamento Rede e Gerador

Responder
satantec
Curioso
Curioso
Mensagens: 47
Registado: 30 out 2007, 18:12
Localização: Norte
Enviou: 26 vezes
Agradecimento recebido: 1 vez

Encravamento Rede e Gerador

Mensagem por satantec » 26 set 2018, 16:08

Boa tarde,

Para fazer o encravamento entre a alimentação da Rede Pública e um Gerador, que tipo de encravamentos são adminissíveis. (Para impedir que a rede e o gerador alimentem ao mesmo tempo).

Que regulamentos / normas devo consultar?

Obrigado.



joaosousa
Curioso
Curioso
Mensagens: 63
Registado: 20 out 2017, 10:39
Profissão: Eng.Electrotecnico
Enviou: 7 vezes
Agradecimento recebido: 12 vezes

Re: Encravamento Rede e Gerador

Mensagem por joaosousa » 27 set 2018, 14:15

Boa tarde,

Qualquer fabricante de material Eléctrico te vende isso... é tipo plug and play. Estamos a falar de que tipo de instalação e que potências?

Isso pode ser feito de várias formas... Há muitas filosofias para isso. A mais básica é um encravamento mecânico e eléctrico.... Agora, o gerador vai suportar as cargas todas ou vais fazer um deslastre de cargas? Caso vás deslastrar as cargas precisas de ter um barramento socorrido e outro normal. Queres accionar o gerador mecanicamente ou automaticamente?

É necessário saber a filosofia que queres e o que queres fazer com o gerador.

satantec
Curioso
Curioso
Mensagens: 47
Registado: 30 out 2007, 18:12
Localização: Norte
Enviou: 26 vezes
Agradecimento recebido: 1 vez

Re: Encravamento Rede e Gerador

Mensagem por satantec » 28 set 2018, 13:37

RTIEBT.

551.6 - Regras suplementares aplicáveis a sistemas geradores que constituam uma alimentação de socorro em relação a uma rede de distribuição.

551.6.1 - Para que o sistema gerador não possa funcionar em paralelo com a rede de distribuição, devem ser tomadas medidas que satisfaçam às regras relativas ao seccionamento, indicadas na secção 46. As medidas a adoptar podem ser:

a) Encravamentos eléctricos, mecânicos ou electromecânicos entre os mecanismos de funcionamento ou entre os circuitos de comando dos dispositivos de inversão;
b) Sistemas de bloqueio, dotados de uma única chave de transferência;
c) Comutadores de três posições;
d) Dispositivos automáticos, com encravamentos apropriados;
e) Outros meios que forneçam um grau de segurança do funcionamento equivalente.

.

joaosousa
Curioso
Curioso
Mensagens: 63
Registado: 20 out 2017, 10:39
Profissão: Eng.Electrotecnico
Enviou: 7 vezes
Agradecimento recebido: 12 vezes

Re: Encravamento Rede e Gerador

Mensagem por joaosousa » 28 set 2018, 14:09

Tudo o que está ai descrito não é nada mais nada menos do que o que eu te disse. De forma mais desenvolvida. O gerador e a rede não podem trabalhar em paralelo portanto, ou trabalha um ou trabalha outro. Portanto tens de ter um encravamento. Encravamento esse que pode ser feito de várias formas consoante:

- dinheiro que estejas disposto a gastar;
- Filosofia a jusante do que queres alimentar. Queres alimentar tudo de um lado ou de outro? Queres alimentar metade da instalação com o gerador quando falha a rede?

É preciso saber-se o que se quer e quanto se quer gastar para tomar uma decisão e dimensionar algo como deve ser. Por alguma razão são engenheiros a tratar disso e não padeiros.

Que tipo de instalação estamos a falar? Uma fábrica, um Hospital, uma casa, tem motores, não tem motores, tem vários quadros, não tem vários quadros.... entendes?

Se for uma simples alimentação onde queres socorrer a instalação toda ou metes um encravamento automático ou metes um manual. Falha a energia, vais lá e accionas o gerador (solução mais económica). A solução do comutador não te metas nisso. é arcaico. Vai a uma loja e pede preço para um inversor rede-grupo manual e outro automático e escolhe.

Avatar do Utilizador
alfaxander
Curioso
Curioso
Mensagens: 22
Registado: 19 jul 2018, 10:20
Profissão: Engenharia Eletrotécnica
Localização: Sintra
Enviou: 5 vezes
Agradecimento recebido: 1 vez

Re: Encravamento Rede e Gerador

Mensagem por alfaxander » 28 set 2018, 15:53

joaosousa Escreveu:
28 set 2018, 14:09
Tudo o que está ai descrito não é nada mais nada menos do que o que eu te disse. De forma mais desenvolvida. O gerador e a rede não podem trabalhar em paralelo portanto, ou trabalha um ou trabalha outro. Portanto tens de ter um encravamento. Encravamento esse que pode ser feito de várias formas consoante:

- dinheiro que estejas disposto a gastar;
- Filosofia a jusante do que queres alimentar. Queres alimentar tudo de um lado ou de outro? Queres alimentar metade da instalação com o gerador quando falha a rede?

É preciso saber-se o que se quer e quanto se quer gastar para tomar uma decisão e dimensionar algo como deve ser. Por alguma razão são engenheiros a tratar disso e não padeiros.

Que tipo de instalação estamos a falar? Uma fábrica, um Hospital, uma casa, tem motores, não tem motores, tem vários quadros, não tem vários quadros.... entendes?

Se for uma simples alimentação onde queres socorrer a instalação toda ou metes um encravamento automático ou metes um manual. Falha a energia, vais lá e accionas o gerador (solução mais económica). A solução do comutador não te metas nisso. é arcaico. Vai a uma loja e pede preço para um inversor rede-grupo manual e outro automático e escolhe.
Segue o negrito e não te metas em trabalhos
:E Até Já :V

satantec
Curioso
Curioso
Mensagens: 47
Registado: 30 out 2007, 18:12
Localização: Norte
Enviou: 26 vezes
Agradecimento recebido: 1 vez

Re: Encravamento Rede e Gerador

Mensagem por satantec » 29 set 2018, 08:25

Bom dia!

Já tenho a situação completamente esclarecida.

Esqueci-me de dizer que estou a trabalhar com a Norma Francesa e apesar de nesse ponto ser igual à lesgislação portuguesa, é uma norma mais ambigua. A portuguesa é bastante mais esclarecedora.

Obrigado a todos e bom trabalho!

Responder

Voltar para “Proteção Elétrica”